img

► CADASTRO VOCACIONALimg

HOMILIA dominical - 10.10.2021

28º DOMINGO DO TEMPO COMUM

1ª Leitura: Sab. 7, 7-15
Salmo: 89(90)
2ª leitura: Hb. 12-13
Evangelho: Mc 10, 17-30)  

Caros irmãos, a Palavra de Deus para este 28° Domingo do Tempo Comum convida-nos a olhar para os verdadeiros bens e escolhê-los para que consigamos realizar o projeto que Deus tem para cada um de nós. A felicidade da nossa vida depende dessa nossa capacidade de encontrar os verdadeiros bens, aderir a eles e permanecermos fiéis a esses mesmos valores e princípios.

É o que nos ensina, por exemplo, o anônimo autor do Livro da Sabedoria proposto como Primeira Leitura deste domingo (Sab. 7, 7-11). Este autor exorta-nos a clamar a Deus por Sabedoria; a pedi-la como um verdadeiro bem do alto. Convém, contudo, precisar que essa sabedoria tem pouco a ver com a sabedoria teórica, abstrata, mas trata-se antes daquela sabedoria prática, que é capaz de discernir os bens corretos daqueles falsos, de escolher o melhor caminho entre tantas possibilidades e assim garantir para o homem uma condição de felicidade. Essa sabedoria trouxe ao autor do livro tanta felicidade que ele renunciou à glória e à riqueza para poder usufruir só dela: Preferi-a aos cetros e aos tronos e, em sua comparação, considerei a riqueza como nada. Porém, essa sabedoria além dela não ser puramente uma ideia abstrata, o homem não a pode conseguir simplesmente por meio de seus esforços; ela é um dom do Altíssimo, concedido apenas àqueles que a buscam e nela meditam perseverantemente. Orei e foi-me dada a prudência; implorei e veio a mim o espírito de sabedoria.

O Evangelho deste domingo (cf. Mc 10, 17-30) apresenta o exemplo de um homem inquieto e honesto que deseja encontrar e saber qual é o melhor caminho que conduz o homem à felicidade e a realização de todas as suas potencialidades. Na estrada para Jerusalém, lugar da conclusão da sua missão, Jesus é parado por um homem desconhecido, que era um bom judeu, observante e muito rico. contudo, esse bom homem sentia que apesar de tudo que possuía seu coração pedia mais; assim interroga Jesus sobre qual é o caminho que o pode dar salvação e acalmar seu coração. Depois de dialogar com ele e obter do homem um catálogo das suas virtudes (cumpria isso, cumpria aquilo: «Mestre, tudo isso tenho eu cumprido desde a juventude»), Jesus pede-lhe um passo a mais: o abandono total e a renúncia da sua vida antiga: «Falta-te uma coisa: vai vender o que tens, dá o dinheiro aos pobres, e terás um tesouro no Céu. Depois, vem e segue-Me». Aquele homem ao escutar isso entristeceu-se. Pensou mais no que poderia perder e esqueceu-se de que tudo poderia ter ganhado: a vida eterna.

Resumindo: ele não foi capaz de escolher o bem eterno e valioso, preferindo os seus bens efêmeros e passageiros. Podemos dizer que aquele homem, contrariamente ao anônimo autor do Livro da Sabedoria, não  a amou a ponto de renunciar a tudo. Ele ficou preso às suas coisas, aos seus bens e assim não pode desamarrar seu coração das coisas. Apesar de muito rico ele permaneceu muito pobre, pois sempre ficou desejando o que seu coração não pode ter. O Evangelho de hoje ensina que Jesus é a Sabedoria encarnada de Deus e que é preciso escolhê-lo, aderir ao seu projeto e entregarmos nossa vida ao Reino de Deus se quisermos ser felizes.

Por isso, terminemos essa meditação lembrando da segunda leitura de hoje (cf. Heb. 4, 12-13) que faz um elogio à Palavra de Deus. No contexto geral da Liturgia deste 28° Domingo do Tempo Comum, podemos afirmar que o homem que possui a palavra de Deus torna-se sábio e apto a escolher. Além do mais, escolhendo ser guiado pela Palavra viva e eficaz de Deus, o homem será conduzido até àquela recompensa que Jesus prometeu a Pedro no Evangelho: a vida eterna. Também na Oração Coleta rezamos a Deus pedindo que sempre nos preceda e acompanhe a vossa graça, para que estejamos sempre atentos ao bem que devemos fazer.


 

Escrita por:

Frei Mário Sérgio Manosso Rocha, OSA

img

centro de promoÇÃO VOCACIONAL - osa
participem dos encontros vocacionais agostinianos

img
img
img

 

 

 

 

 

 

 

img
© OSA Brasil 2009 | 2021
.:: Todos os Direitos Reservados ::.