Papa: Não desistamos da alegria da Páscoa
 
 

Papa: Não desistamos da alegria da Páscoa

No Regina Caeli desta segunda-feira da Oitava de Páscoa, Francisco convidou os fiéis a compartilhar a alegria do Ressuscitado: 'A ressurreição de Jesus não é apenas uma notícia maravilhosa ou o final feliz de uma história, mas algo que muda nossa vida completamente e para sempre! É a vitória da vida sobre a morte, da esperança sobre o desânimo'.

Notícias da Igreja

01.04.2024 | 3 minutos de leitura

Papa: Não desistamos da alegria da Páscoa

O Papa Francisco rezou a oração mariana do Regina Caeli nesta segunda-feira da Oitava de Páscoa (01/04), juntamente com os fiéis e peregrinos reunidos na Praça São Pedro. Este dia, conhecido como "Segunda-feira do Anjo", é feriado no Vaticano e na Itália, e recorda o encontro do anjo com as mulheres que foram ao túmulo de Jesus.

Ao refletir sobre o evangelho do dia, o Pontífice destacou a alegria das mulheres pela ressurreição do Senhor: "Elas deixaram o sepulcro com grande alegria e correram para dar a notícia aos discípulos". De acordo com o Papa, essa alegria, que surge do encontro vivo com o Ressuscitado, é uma emoção transbordante que as impulsiona a espalhar e contar o que testemunharam.

 

A vitória da vida sobre a morte

Francisco sublinha que "compartilhar a alegria é uma experiência maravilhosa, que aprendemos desde pequenos". E ao exemplificar com experiências felizes que cada pessoa vive ao longo de sua vida, o Pontífice ressalta que esses momentos nos impulsionam ao desejo de compartilhar imediatamente, assim como "aquelas mulheres, na manhã de Páscoa, que vivenciaram essa experiência de uma maneira muito maior":

 

“A ressurreição de Jesus não é apenas uma notícia maravilhosa ou o final feliz de uma história, mas algo que muda nossa vida completamente e para sempre! É a vitória da vida sobre a morte, da esperança sobre o desânimo. Jesus rompeu a escuridão do sepulcro e vive para sempre: sua presença pode iluminar qualquer coisa. Com Ele, cada dia se torna uma etapa de um caminho eterno, cada ‘hoje’ pode esperar um ‘amanhã’, cada fim um novo começo, cada instante é projetado para além dos limites do tempo, em direção à eternidade.”

 

A alegria da Páscoa

O Papa enfatiza então que a alegria da Ressurreição não é algo distante, mas "está muito próxima de nós, porque nos foi dada no dia do nosso batismo". Desde então, continua o Santo Padre, "nós também, como aquelas mulheres, podemos encontrar-nos com o Ressuscitado e Ele, como a elas, nos diz: Não tenhais medo!" Francisco convida os fiéis, à semelhança das mulheres mencionadas na passagem bíblica, a cultivarem em seus corações a alegria, ressaltando que isso somente é viável por meio do encontro com o Ressuscitado:

 

“Ele é a fonte de uma alegria que nunca se esgota. Portanto, apressemo-nos a buscá-Lo na Eucaristia, em Seu perdão, na oração e na caridade vivida! A alegria, quando compartilhada, aumenta. Compartilhemos a alegria do Ressuscitado.”

 

“Que a Virgem Maria, que na Páscoa se alegrou com seu Filho ressuscitado, nos ajude a sermos alegres testemunhas”, concluiu o Papa.

 

Fonte: Vatican News